Afastem-se dos bajuladores

Foto por energepic.com em Pexels.com

Provavelmente você já teve alguma experiência com bajuladores no ambiente de trabalho, certamente não foi uma das melhores de sua vida, certo?

A maior característica de um bajulador é criar um ambiente de intrigas e rumores, sendo para ele um campo ideal para colocar em prática toda a sua experiência na arte de bajular, visando privilégios e benefícios para si próprio.

O bajulador distorce a realidade a ponto de prejudicar profissionais competentes, e muitas vezes ocupam cargos que conquistou por bajulação e não por qualidades e muito menos por resultados de sua competência. Qualquer empresa que sustente uma política de bajulado e bajulador tende a perder excelentes profissionais que trabalham em prol de resultados para empresa.

O ambiente de trabalho contaminado por bajuladores se torna improdutivo e desmotivador, mas a máscara do bajulador não dura a vida toda, uma hora o bajulado e o bajulador caem, todavia pode durar tempo suficiente para desestabilizar um setor inteiro, perdendo funcionários comprometidos com a empresa e desmotivando profissionalmente os que permanecem.

Os bajuladores podem estar presentes tanto no âmbito familiar como no ambiente de trabalho, sendo que no segundo lugar são mais frequentes. A bajulação faz com que o bajulado fique cego e tome decisões através de opiniões pessoais desconsiderando os dados técnicos.

Um líder que valoriza a meritocracia no ambiente de trabalho detesta bajuladores, porque tem a ciência que esses são prejudiciais tanto para empresa como para toda a equipe.

Tem a consciência que a bajulação tem por finalidade cegar a inteligência, para depois manipular e controlar as pessoas que caem em suas teias a seu bel-prazer.

Livre-se dos bajuladores.

Mantenha perto de você pessoas que te avisem quando você erra.

Barack Obama

Chefes gostam dos bajuladores, pois só eles não o questionam e tampouco apontam seus erros, na visão de um bajulador nenhuma ideia pode ser melhor do que a do chefe, somente ele tem a solução para todos os problemas.

Pessoas que apontam falhas e trazem sugestões ou boas ideias, nem sempre serão bem vistas pelo bajulado e o bajulador, mas enquanto existir pessoas que adorem ser bajuladas, aparecerão mais bajuladores. Devemos lembrar que sempre será uma relação falsa de ambas as partes, porque conforme o dito popular – quem puxa-saco também puxa tapete – no final os dois são merecedores de si próprios.

Cuidado, porque ser sincero e expor opiniões contrárias em um ambiente dominado por bajuladores pode te render: um título de inimigo, uma avaliação negativa ou até mesmo uma demissão injusta, em outras palavras a sinceridade é uma característica que todo bajulador sente repulsa, pois não se enquadra no seu perfil, porém, nem sempre as pessoas estão dispostas a pagar o preço pela sua sinceridade, sendo assim se calam, mesmo que escutem absurdos com quais jamais concordariam.

É verdade que deixaremos de conquistar algumas coisas por ser sincero demais, contudo quando conseguirmos conquistar teremos a ciência que foi através da nossa própria capacidade, assim nos orgulharemos e valorizaremos ainda mais nossas conquistas.

Eu optei por ser sincero e pagar o preço, mas poder deitar todas as noites e dormir com a consciência tranquila, por isso me afastei dos “Bajuladores”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: